Bolinhas de brócolos e peixe

Estas bolinhas de brócolos e peixe são ideais para aproveitar restos, mas também para incentivar os mais pequenos a comerem legumes e peixe.

Read More
Anúncios

Peru salteado com legumes

Bastam alguns legumes e um pouco de peito de frango ou peru para preparar um delicioso wok.
O truque é deixar caramelizar bem os alimentos no óleo de sésamo.

Read More

Galette integral de abóbora e cogumelos com queijo fresco de ovelha

Agora que os dias são mais curtos e frios, nada como um jantar rápido, mas com a calidez dos melhores ingredientes do outono, perfeitamente combinados com o delicioso queijo fresco de ovelha dos Queijos Tété.

Read More

Couscous com camarão em 5 minutos

Sabe aquelas refeições deliciosas que ficam prontas em pouco mais de cinco minutos?
Com o Couscous Taboulé Salada da TIPIAK, basta adicionar água a ferver e deixar repousar. Depois, é só juntar a sua guarnição preferida, ou servir como acompanhamento de pratos de peixe, carne ou até vegetarianos. O couscous já vem temperado e tem um sabor fresco a menta, que combina na perfeição com esta época do ano
Mas veja como se faz

Read More

Salada de primavera

A primavera insiste em apresentar-se envergonhada, e não há forma de poder desfrutar dos dias longos e solarengos.
Mas como nem só em dias solarengos gosto de me saciar com uma salda completa que inclua folhas, ovo, queijo fresco, sementes…, venho partilhar convosco esta sugestão, fresca, equilibrada, colorida e saborosa:

Read More

Espetadas de frango e uma mesa bohemia

Os amigos são, para mim, como as especiarias:
Umas mais picantes, outras mais adocicadas, outras mais exóticas… mas todas indispensáveis para dar aquele toque especial aos nossos pratos/vida. E como a vida só faz sentido se for picante q.b, nada como juntá-los à mesa, abrir umas cervejas e desfrutar, agradecer aqueles momentos de diversão, as birras, as saudades, as partidas e os regressos.

Read More

Noodles com ovo | e o prazer da massa caseira

 É cada vez mais frequente cá em casa consumir massa fresca. O nome é capaz de assustar um bocado, porque a associamos a um processo laborioso e demorado; mas desenganem-se, conseguem preparar e confeccionar a vossa própria massa em menos de meia hora, como já vos falei nestas receitas.As principais vantagens de consumir massa fresca feita em casa são múltiplas, mas posso referir o sabor, a textura, a rapidez de cocção e o maravilhoso facto de lhe podermos adicionar os nossos ingredientes preferidos: podemos fazer massa de espinafre, de tomate, de especiarias, ou até sem glúten! Depois de feita, podem utilizar de seguida a massa fresca ou, então, conservá-la durante 2 dias no frigorífico, ou várias semanas no congelador, sempre guardada em recipientes ou sacos com fecho hermético. Caso pretendam, podem ainda deixar a massa secar (para cozinhar demorará mais alguns minutos do que no caso da fresca).A massa pode ser estendida à mão, com a ajuda de um rolo de cozinha ou com a ajuda das maravilhosas máquinas de fazer massa, que não a fazem mas estendem, e podem ser reguladas em função da espessura e corte que queremos dar à massa, desde placas de lasanha, fettucine, tagliattelle, noodles, esparguete, raviolis…

Read More