Tarte semi-fria de iogurte e pêssego

Esta é daquelas sobremesas frescas e não muito doces, ideais para terminar a refeição nos dias mais quentes.

Ingredientes

Para a base de bolacha
  • 200 g de bolacha Maria ou digestiva
  • 1 colher chá gengibre em pó
  • 75 g manteiga derretida
  • Para o recheio de iogurte
Para o recheio de iogurte
Para a cobertura de pêssego
  • 3 pêssegos maduros
  • 25 g de manteiga
  • Folhas de hortelã para decorar

Preparação

  1. Triture as bolachas no processador de alimentos, ou coloque-as dentro
    de um saco plástico e dê algumas pancadas com o rolo da massa.
  2. Adicione o gengibre em pó e a manteiga derretida e misture bem.
  3. Forre, com o preparado anterior, a base e as paredes de uma forma
    redonda com fundo amovível com cerca de 22 cm de diâmetro. Leve ao
    congelador.
  4. Entretanto, bata as natas que deverão estar bem frias, até ficarem
    em creme.
  5. Adicione metade do iogurte e bata mais um pouco.
  6. Num recipiente coloque as folhas de gelatina e cubra com água fria.
    Deixe repousar por 3 a 5 minutos.
  7. Escorra a água, esprema bem e adicione o iogurte restante. Leve ao
    microondas por alguns segundos até derreter.
  8. Adicione ao preparado de natas e iogurte e volte a bater até
    integrar.
  9. Verta o creme na forma, por cima da base de bolacha, e leve ao frio
    por duas a três horas.
  10. Para a cobertura, aqueça uma frigideira.
  11. Adicione os pêssegos sem pele nem caroço (reserve meio pêssego para
    decorar), previamente cortado em pedaços não muito grandes. Deixe
    cozinhar por cerca de 10 minutos, até ficar em compota.
  12. Se gostar da compota mais doce, adicione um pouco de mel ou açúcar
    mascavado. Deixe arrefecer
  13. Pouco antes de servir, desenforme a tarte e cubra com a compota.
  14. Decore com algumas fatias de pêssego e umas folhas de hortelã.
Anúncios