Bolo do caco

E se eu lhe disser que não precisa de viajar até à Madeira para desfrutar de um bolo do caco acabado de fazer, ainda quentinho e a fumegar, pronto para receber uma generosa camada de manteiga, ou até mesmo um prego ou hambúrguer, o que lhe apetecer meter lá dentro?!
Exatamente! Pode não ser o bolo do caco perfeito, e não saber igual aos que se comem na Madeira, mas acredite que o resultado final é muito positivo! Não acredita? Então experimente e depois diga-me quantos sobraram 😊
INGREDIENTES
400 gramas de batata doce
15 gramas de fermento fresco de padeiro ( ou 5 grs se for do seco)
375 gramas de farinha tipo 65
1 colher de chá de sal
125 ml de água morna
PREPARAÇÃO
Comece por descascar a batata doce. Lave e corte em pedaços com cerca de 3 cm.
Coloque num tacho, cubra com água, tempere com um pouco de sal e leve ao lume durante cerca de 20 a 30 minutos, até que fique cozida.
Escorra e reduza a puré com a a ajuda de uma varinha mágica, ou de um garfo. Reserve.
Coloque a farinha num recipiente.
Adicione o fermento de padeiro desfeito com as mãos, o puré de batata doce e a água.
Misture com a ajuda de uma colher de pau.
Adicione o sal e amasse, com as mãos, até obter uma massa homogénea. Adicione um pouco mais de água ou de farinha, se necessário.
Coloque a massa num recipiente polvilhado com farinha, tape com película aderente ou com um pano e deixe levedar até duplicar o volume inicial.
Divida a massa em 10 porções. Forme bolas, polvilhando com farinha.
Coloque cada porção sobre um pano polvilhado com farinha e deixe repousar por mais meia hora.
Entretanto, aqueça uma placa elétrica ou frigideira anti-aderente e cozinhe os bolos de ambos lados, até ficarem dourados e cozidos. Vá rodando os pães de forma a que estes fiquem cozidos uniformemente.
Anúncios