Arroz doce com ou sem ovos?

Tenho um dilema… será que me podem ajudar?
A minha sobremesa preferida é, nada mais nada menos, que o arroz doce! Gosto muito de éclairs, de cheesecake e de algumas sobremesas pomposas, mas nada consegue tirar o lugar a um arroz doce caseiro, bem cremoso.  E eis que me deparo com um dilema: em minha casa, sempre se fez com gemas… e o mesmo acontece com todas as receitas que já consultei até hoje em alguns livros. Contudo, na vizinha Espanha, o arroz doce é preparado sem gemas, fica várias horas a cozer, e o resultado é bem diferente daquele a que estou habituado…
Pois, e para surpresa minha, quando coloquei a fotografia nas redes sociais, chegaram comentários (que bom é isto de poder interagir, ensinar e aprender nas redes!) de pessoas de outros pontos do país,  principalmente do centro, sobre o arroz doce sem ovos, é assim que se prepara em algumas regiões… E você, costuma juntar gemas, ou fica bem branquinho?
De qualquer forma, pode consultar AQUI a minha versão tradicional, com gemas.
INGREDIENTES
150 gramas de arroz carolino
500 ml de água
750 ml litro de leite meio gordo
200 gramas de açúcar
1 limão
2 paus de canela
1 colher de chá de sal
75 gramas de manteiga
PREPARAÇÃO
Coloque um tacho ao lume.
Adicione a água, o sal, os paus de canela e a casca do limão (apenas a parte amarela). Deixe que ferva.
Adicione o arroz e deixe cozer, mexendo de vez em quando, durante 30 a 40 minutos.
Retire a casca de limão e o pau de canela.
Adicione o leite e o açúcar.  Deixe cozinhar, mexendo, durante mais cerca de 20 minutos.
Assim que o “creme” do arroz tiver a sua consistência preferida (se gostar dele mais espesso, deixe ferver mais alguns minutos), desligue o fogo e retire o tacho.
Adicione a manteiga e envolva até esta estar completamente incorporada.
Distribua por taças e reserve no frio.
Sirva simples ou polvilhado com canela moída.
Anúncios